TRANSLATE

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Novo curso da Chessking com conteúdo em português

Instrutor Regional de Xadrez pela CBX

 Confederação Brasileira de Xadrez, Licença: 5700568643 ID nº.77

 

A nova publicação do curso Meio-jogo no Xadrez I, já está disponível no site da Chessking e também nos aplicativos para Android e Ios no endereço:

https://learn.chessking.com/learning/course/15/ 

É um curso escrito pelo GM Alexander Kalinin, foi feito para ensinar aos alunos muitos métodos do meio-jogo, como suas complexidades, através da uma seção teórica. O curso inclui informação sobre os planos típicos e procedimentos das Aberturas e Defesas mais populares, tais como: a Escocesa, a Espanhola (Ruy Lopez), a Siciliana, a Caro-Kann, a Francesa, a Holandesa, a Eslava, a Catalã, a Nimzo-Índia, a Índia do Rei, a Grünfeld e o gambito Volga (Benko). A Enciclopedia do Meio-jogo contém material detalhado sobre estruturas de peões típicas: estrutura Carlsbad, Porco-Espinho, etc. São mais de 600 exemplos para estudar e mais de 1000 exercícios para praticar!

Meio-jogo no Xadrez I

Meio-jogo no Xadrez I



A plataforma que ja possuí uma interface simples de entender, ficou ainda melhor com o conteúdo todo traduzido.


O curso contém uma parte gratuita, na qual o usuário pode experimentar as utilidades do programa. A parte gratuita mostra todas as qualidades do aplicativo, junto com as particularidades de sua utilização. Se gostar do programa, poderá comprar a versão completa do curso que abrange os seguintes temas:
1. Abertura Escocesa
1.1. Abertura Escocesa
1.2. Variante com 4... Cf6
1.3. Variante 4... Bc5
2. Abertura Espanhola. Procedimentos típicos em variantes fechadas
2.1. Abertura Espanhola. Procedimentos típicos em variantes fechadas
2.2. Classificação das variantes fechadas na Abertura Espanhola
2.3. Centro de peões fechado
3. Defesa Caro-Kann
4. Defesa Francesa
5. Defesa Siciliana
6. Abertura Inglesa
7. Defesa Holandesa
8. Defesa Eslava
9. Abertura Catalã
10. Defesa Nimzo-Índia
11. Defesa Grünfeld, sistema com Dd1-b3
12. Defesa Índia do Rei
13. Gambito Volga (Benko)
14. Estrutura de peões Carlsbad
15. Estrutura típica do centro de peões móveis
16. Sistema do "Porco-Espinho"
17. Estrutura típica de peões, com a criação do ponto forte na coluna semi-aberta "d"


  •  

     
  •  
  •  



quarta-feira, 28 de março de 2018

Aprenda a jogar o Ataque Grob!!!!



Instrutor Regional de Xadrez pela CBX

 Confederação Brasileira de Xadrez, Licença: 5700568643 ID nº.77


 



Esse material é baseado no livro "The tactical Grob - Cloud Bloodgood"

O Tático Grob
por Claude F. Bloodgood III
Edited por Tartajubow
Tradução: instrutorwillian

Nota: Este informativo não contém os jogos completos incluídos no trabalho originalmente publicado por Bloodgood sobre o "Ataque Grob". Devido a melhorias nas analises feitas por Tartajubow e algumas notas do tradutor, para defender ideias filosóficas no campo "heterodoxo" do xaddrez.



 SUMÁRIO
Parte 1  - O gambito aceito
Parte 2 - A grande diagonal reforçada
Parte 3 - A defesa de jogo aberto
Parte 4 - Outras linhas depois de 1...d5
Parte 5 - 1...e5
Parte 6 - 1...e5 d3!
Parte 7 - variedades




Parte 1 - O gambito aceito


O Ataque Grob possui um gambito básico diferente de qualquer coisa na teoria moderna do xadrez. Todo conceito básico de desenvolvimento e colocação de peças devem ser descartados uma vez que 1.g4 é jogado, e isso aplica-se ao jogador de pretas ainda mais do que para o jogador de brancas. Aceitando o peão g4 no Grob, é aceitar problemas imediatos, mas por minha experiência, os jogadores que enfrentam isso
pela primeira vez, é mais provável que façam exatamente o que é ensinado aqui, em meu blog.

Para propósitos práticos, esta é a introdução lógica do Grob, o que utiliza o que eu chamo por estimada consideração de "Lógica de Basman" (baseado nos conceitos de um grande enxadrista na qual sou fã de seus jogos, o M.I. Michael Basman), que diz "as peças devem ingressar ao centro em ordem contraria a sua força", ou seja contrariando jogos de mestres (que sempre seguem os princípios gerais da abertura como colocar peões no centro, centralizar bispos e cavalos, mexer as peças somente uma vez na abertura, a menos quando capturam ou evitam ser capturadas, fazer o roque o mais rápido possível, etc.) onde as peças procuram se posicionar no centro, onde elas são mais fortes. O problema é que quanto mais valiosa a peça, mas exposta ela fica no centro, é o que sugere o princípio exposto aqui.

A teoria do Ataque Grob não subestima a importância do centro, a questão é: Quando as peças devem chegar ao centro?

Levando em consideração que, o peão é a peça mais fraca, qual a peça mais fraca que um peão? A resposta é simples, NADA é mais fraco que um peão. Essa premissa conclui que como consequência, não podemos colocar nada no centro, no começo do jogo, e é com lances como 1.e4 ou 1.d4 ou suas equivalentes de pretas que consideramos prematuras, levando a uma exposição indevida da posição central.

Um estudo moderno feito em 1999 sobre o valor relativo de peças, proposto pelo GM Larry Kaufman nos ajuda a entender de um modo diferente o valor dos peões. Ele utilizou recursos em computadores para analisar estatisticamente diversas relações de material em dezenas de milhares de partidas, o que lhe permitiu estabelecer um método de calcular os valores médios das peças. Esse valores são sempre relativos, e o valor de uma peça é comparado ao valor de outra, e o peão é claro, é a unidade básica de comparação.


Como esses novos valores de peças estão estabelecidos por estatística, não é levado em consideração a posição ou a possibilidade de uma jogada tática, essas considerações em uma posição sólida, pode contrariar qualquer escala de comparação.

Segue a Tabela:

Observação: os valores dos peões da torre, da coluna "a" e "h" é menor por se encontrarem na borda do tabuleiro, pois atacam apenas 1 casa. Kaufman ainda estabelece um bônus de 0,50 (1/2 peão) ao par de bispos.


A vantagem material mínima para se ganhar uma partida!
Quando não temos uma compensação posicional ou tática, concluímos segundo Kaufman que a menor vantagem material para ganhar uma partida é de 1,75 peões.

Não quero afirmar aqui, contrariando outros mestres e jogadores que tem o meu profundo respeito (assim como certa vez me disse um GM brasileiro: o Grob não é xadrez!!!) que não se pode ganhar um final com a vantagem de um peão, ou ainda que não se pode empatar um final com dois peões a menos, o que é loucura. Mas apenas enfatizar que em muitas situações, a menor vantagem material decisiva equivale a 1,75 de peões. Não se esquecendo dos valores da tabela e o bônus pelo par de bispos.

Abaixo a tabela com o cálculo de vantagem material equivalente em algumas situações de material desbalanceado:

Voltemos a posição inicial da abertura Grob:


Esta posição simplesmente ocorre com muita frequência. As negras tem quatro linhas principais de jogo a partir deste ponto (com 1. c4 o nome da abertura "ataque grob" muda para "gambito grob" por causa da entrega desse peão) cada um
com seus próprios problemas peculiares.



3 ... dxc4? 


É fraco, (não há outra resposta se não Bxb7 ganhando a torre), então as pretas não pode devorar o segundo peão, mas deve defender o seu peão (d5)
mesmo que a defesa não possa ser realizada. As três primeiras linhas
consideradas, são tentativas de manter o centro (essa é uma das grandes debilidades do Grob)
Defendendo o peão preto d5:


Variação "A" com  3...c6;

Variação "B" com 3...Cf6!?;

Variação "C" com 3 ... e6.


A quarta linha, Variação "D" com 3...e5 !? é uma tentativa de evitar os problemas de defender o peão "d", mas não fica bem na prática.


Variação "A" (3...c6 4. cxd5!)

[4.Db3 Dc7 5.cxd5 cxd5 ...


(5 ... e6 6.h3! Bf5 7.e4 Bg6 8.dxe6! fxe6 9.Dxe6 + etc.)

6.Cc3 e agora:

6 ... d4? 7.Cb5 Db6 8.Bxb7 Be6 9.Df3 Dxb5 10.Bxa8 Cf6 11.Db7 com uma vitória fácil - Henry Grob.

(Se 8 ... Dxb7? 9.Cd6+ exd6 10.Dxb7 Pretas desistem; C. Bloodgood - J. Boothe, 1972)

A) 6 ... e6? 7.Da4 + com 8. DxB em seguida

B)6 ... Cc6! 7.Cxd5 Dd7 8.Da4 Tc8 9.d3 e5 10.Bd2 Cd4 11.Dxd7+ Bxd7 12.Rd1 com chances iguais.

(9 ... e6 10.Dxg4 exd5 11.Dxd7 + Rxd7 12.Bh3 + com Branco ganhando uma Torre por Bispo)


(11.Dxa7? Cc2+)

👆Ja fiz muito esse erro. Quem começa a aprender o "Grob", comete muito esse tipo de deslize, até mesmo tomar um mate por distração (nota do tradutor)

Continuando..

Variação "A" (3...c6 4. cxd5!) 1.g4 d5 2.Bg2 Bxg4!? 3.c4 c6 4.cxd5!

4...Cf6


[4 ... Dc7 5.Cc3 Cf6 6.h3 Bd7 7.e4 e6 8.dxe6 Bxe6 9.d4 Cbd7 10.Cge2 g6 11.Be3 Bg7 12.0-0 0-0 13.Tc1 Bc4 14.b3 Bxe2 15.Dxe2 Da5 16.e5 Ce8 17.Ce4 Cc7 !? 18.Cd6! Tab8 19.Cxb7 1-0 Grob, H-Chevalier, D / corr 1964 (19) com uma fácil vitória.;


(6.Db3 !? e se 6...e6 7.h3!)


(13 ... Da5 14.Bd2 Db6)


(17 ... Dd8 com ... Cb6 e Cd5 seguidamente)


4 ... Db6 5.Cc3 e5 6.Dc2 Cf6 7.a4 a5 8.d3 cxd5 9.Cxd5 Cxd5 10.Bxd5 Bc5 11.Be3 Bxe3 12.fxe3 Bd7 13.Cf3 1-0 Bloodgood, C-Clark, J / corr Zugzwang 1975 (23) com pequena vantagem para o branco .;


(11.Dc4? é fraco pois Db4+ alivia a pressão sobre o preto)



(12 ... Dxe3? 13.Dc4 Dd4 14.Bxf7+ Rd8 15.Db3 com vantagem para o branco)

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Final do Campeonato Brasileiro Feminino de Xadrez 2017

A Sorocabana Regina Rodrigues Bonfim participará da Final, de 17 a 23/02/2018.




Resultado de imagem para chess-results server




Resultado de imagem para chess24



Emparceiramentos/resultados

1. Ronda a 2018/02/17 às 10:30
Tab.Nº.RtgNomeResultadoNomeRtgNº.
112197WIMFeliciano Ebert VanessaReis Virginia Lagrange M.180810
221763WFMBonfim Regina RodriguesFMTerao Juliana Sayumi22569
331633Melo Gabrieli DeWFMAlboredo Julia21248
441833Queiroz Stella BeckerLibrelato Kathie Goulart20717
551934WIMIchimura G. Barbosa Larissa Y.Medeiros Thauane Ferreira19836
2. Ronda a 2018/02/18 às 14:00
Tab.Nº.RtgNomeResultadoNomeRtgNº.
1101808Reis Virginia Lagrange M.Medeiros Thauane Ferreira19836
272071Librelato Kathie GoulartWIMIchimura G. Barbosa Larissa Y.19345
382124WFMAlboredo JuliaQueiroz Stella Becker18334
492256FMTerao Juliana SayumiMelo Gabrieli De16333
512197WIMFeliciano Ebert VanessaWFMBonfim Regina Rodrigues17632
3. Ronda a 2018/02/19 às 09:00
Tab.Nº.RtgNomeResultadoNomeRtgNº.
121763WFMBonfim Regina RodriguesReis Virginia Lagrange M.180810
231633Melo Gabrieli DeWIMFeliciano Ebert Vanessa21971
341833Queiroz Stella BeckerFMTerao Juliana Sayumi22569
451934WIMIchimura G. Barbosa Larissa Y.WFMAlboredo Julia21248
561983Medeiros Thauane FerreiraLibrelato Kathie Goulart20717
4. Ronda a 2018/02/19 às 15:00
Tab.Nº.RtgNomeResultadoNomeRtgNº.
1101808Reis Virginia Lagrange M.Librelato Kathie Goulart20717
282124WFMAlboredo JuliaMedeiros Thauane Ferreira19836
392256FMTerao Juliana SayumiWIMIchimura G. Barbosa Larissa Y.19345
412197WIMFeliciano Ebert VanessaQueiroz Stella Becker18334
521763WFMBonfim Regina RodriguesMelo Gabrieli De16333
5. Ronda a 2018/02/20 às 15:00
Tab.Nº.RtgNomeResultadoNomeRtgNº.
131633Melo Gabrieli DeReis Virginia Lagrange M.180810
241833Queiroz Stella BeckerWFMBonfim Regina Rodrigues17632
351934WIMIchimura G. Barbosa Larissa Y.WIMFeliciano Ebert Vanessa21971
461983Medeiros Thauane FerreiraFMTerao Juliana Sayumi22569
572071Librelato Kathie GoulartWFMAlboredo Julia21248
6. Ronda a 2018/02/21 às 09:00
Tab.Nº.RtgNomeResultadoNomeRtgNº.
1101808Reis Virginia Lagrange M.WFMAlboredo Julia21248
292256FMTerao Juliana SayumiLibrelato Kathie Goulart20717
312197WIMFeliciano Ebert VanessaMedeiros Thauane Ferreira19836
421763WFMBonfim Regina RodriguesWIMIchimura G. Barbosa Larissa Y.19345
531633Melo Gabrieli DeQueiroz Stella Becker18334
7. Ronda a 2018/02/21 às 15:00
Tab.Nº.RtgNomeResultadoNomeRtgNº.
141833Queiroz Stella BeckerReis Virginia Lagrange M.180810
251934WIMIchimura G. Barbosa Larissa Y.Melo Gabrieli De16333
361983Medeiros Thauane FerreiraWFMBonfim Regina Rodrigues17632
472071Librelato Kathie GoulartWIMFeliciano Ebert Vanessa21971
582124WFMAlboredo JuliaFMTerao Juliana Sayumi22569
8. Ronda a 2018/02/22 às 15:00
Tab.Nº.RtgNomeResultadoNomeRtgNº.
1101808Reis Virginia Lagrange M.FMTerao Juliana Sayumi22569
212197WIMFeliciano Ebert VanessaWFMAlboredo Julia21248
321763WFMBonfim Regina RodriguesLibrelato Kathie Goulart20717
431633Melo Gabrieli DeMedeiros Thauane Ferreira19836
541833Queiroz Stella BeckerWIMIchimura G. Barbosa Larissa Y.19345
9. Ronda a 2018/02/23 às 09:00
Tab.Nº.RtgNomeResultadoNomeRtgNº.
151934WIMIchimura G. Barbosa Larissa Y.Reis Virginia Lagrange M.180810
261983Medeiros Thauane FerreiraQueiroz Stella Becker18334
372071Librelato Kathie GoulartMelo Gabrieli De16333
482124WFMAlboredo JuliaWFMBonfim Regina Rodrigues17632
592256FMTerao Juliana SayumiWIMFeliciano Ebert Vanessa21971

O peão envenenado do Grob

O Ataque Grob vitorioso

Jogue com o Fritz

O Xadrez é algo mais do que um jogo; é uma diversão intelectual que
tem um pouco de Arte e muito de Ciência. É, além disso, um meio de
aproximação social e intelectual. (GM J. R.Capablanca, ex-campeão
Mundial)